img
Detalhes
Futuro Brilhar

Notícias

img
Fenae e Apcefs de todo o país se mobilizam para ajudar atingidos pelas enchentes

A Federação Nacional das Associações do Pessoal da Caixa (Fenae) juntamente com as Apcefs de todo o Brasil estão mobilizadas para arrecadar donativos para ajudar as vítimas das enchentes do Rio Grande do Sul. Além das Apcefs disponibilizem os seus espaços como pontos de coletas para arrecadar roupas, água, comida e materiais de limpeza e de higiene pessoal para enviar ao estado atingido pela catástrofe climática, após a última reunião do Conselho Deliberativo Nacional (CDN), a Federação e as Associações criaram o Fundo de Reservas para as ações emergenciais.

Para o presidente da Fenae, Sergio Takemoto, a solidariedade e o espírito de união demonstrado pelas Apcefs de todo o Brasil está em sintonia com esforços contínuos da Federação, que é de promover a responsabilidade social e o bem-estar da população brasileira.  Ele informou ainda que, diante do agravamento da tragédia, a Fenae vai antecipar os valores arrecadados na campanha SOS Rio Grande do Sul para Apcef/RS adquirir mais donativos.

“Nestes momentos em que o povo mais precisa, é hora de concentrar esforços para ajudar a diminuir o sofrimento dessas pessoas. A união e a solidariedade são essenciais para fazer a diferença na vida de milhares de pessoas afetadas”, conclui Takemoto.

As iniciativas desenvolvidas pelas Apcefs de norte a sul do país se somam às ações da Associação do Pessoal da Caixa do Rio Grande do Sul (Apcef/RS), que tem se destacado nas iniciativas para ajudar as vítimas. Além de disponibilizar o espaço da sede para se tornar um centro de arrecadação e de distribuições dos materiais vindos de todo o país, desde a inundação da cidade baixa de Porto Alegre, a Apcef/RS também abriu as portas para receber a cozinha solidária da Casa de Cultura e Resistência. O espaço é responsável pelo preparo diário das refeições para serem distribuídas às vítimas da tragédia.

Desde os primeiros momentos das enchentes, o presidente da Apcef/RS, Marcos Todt, encabeçou a campanha para arrecadar donativos. Para ele, esse é o momento de união e mobilização em prol de quem está precisando. A Associação abriu as suas portas para se tornar um importante ponto para receber as doações, como a que foi feita pelo humorista Felipe Neto para a Casa de Cultura e Resistência. O valor recebido possibilitou a compra de diversos fardos de água para serem doados aos atingidos.

“Abrimos a nossa sede para que possamos trabalhar em rede. A Casa de Cultura e Resistência, quando precisou sair da Cidade Baixa, veio para cá. A sessão está aberta para qualquer pessoa que queira ajudar, seja com o transporte, na cozinha, no centro de triagem para carregar as doações. A gente está trabalhando em rede por Porto Alegre e pelo Rio Grande do Sul”, destaca Todt.

A união faz a força. Com esse lema, a Apcef da Paraíba tem mobilizado todos os associados e a comunidade para arrecadar o máximo de donativos para ajudar os milhares de desabrigados que perderam tudo. Para o presidente da entidade, Roncálio Peixoto, este é o momento de união e solidariedade.

“Nos sentimos honrados em poder ajudar as pessoas que estão precisando. Nesse momento tão trágico, a Paraíba não poderia ficar de braços cruzados. Abrimos nossas portas para receber doações e nossa diretoria e associados estão empenhados na campanha para ajudar o povo gaúcho a se reerguer. Contem conosco nessa ação de solidariedade”, promete Roncálio.

O presidente da Apcef/RJ, Paulo Matileti, destaca a importância da mobilização de todos os associados e da comunidade para ajudar. “É gratificante poder ajudar as pessoas afetadas pelas enchentes no Sul. Saber que estamos fazendo a diferença na vida dessas pessoas me enche de esperança e me motiva a continuar ajudando”, destaca Matileti.

SOS Rio Grande do Sul

Quem quiser participar da campanha SOS Rio Grande do Sul, pode entregar as doações na sede da Apcef/RS, em Porto Alegre, situada à Av. Coronel Marcos, 627 - Bairro Pedra Redonda - Porto Alegre/RS CEP 91760-000. A ajuda em dinheiro também é bem-vinda e pode ser feita por meio de conta específica na Caixa Econômica Federal (104) – Agência 1041 – Operação 003 – Conta Corrente 50174-4, ou através da chave PIX 34.267.237/0001-55.

Números da tragédia

As inundações causadas pelas fortes chuvas deixaram um rastro de sofrimento e destruição, afetando milhares de famílias em quase todo o estado. De acordo com números da Defesa Civil do estado, os temporais já causaram a morte de 147 pessoas, 127 desaparecidos e 81,2 mil pessoas em abrigos no estado.  Dos 497 municípios do estado, 428 sofrem algum tipo de dano, como inundações, deslizamentos, queda de barreiras e ponte

MaisNotícias

imgResponsabilidade Social
Fenae e Apcefs de todo o país se mobilizam para ajudar atingidos pelas enchentes

A Fenae vai antecipar os valores arrecadados na campanha SOS Rio Grande do Sul para ajudar na aquisição de donativos

14/05/2024 14:14
imgResponsabilidade Social
Representantes da Fenae, Apcef/GO e Moradia e Cidadania visitam projeto Lutando por Cidadania em Jataí

Na oportunidade, foram doados ao projeto 11 “sussurrofones”, ferramenta que ajuda no desenvolvimento das crianças

13/05/2024 12:56
imgResponsabilidade Social
Fenae e Apcefs criam fundo emergencial para ajudar vítimas de desastres naturais

Neste primeiro mês, todo o dinheiro arrecado será destinado as vítimas das enchentes no Rio Grande do Sul e no Espírito Santo

09/05/2024 12:21
img